Pesquisadora cearense lança publicação com temática na política cultural em um Brasil contemporâneo.

0
58

Assessoria

A obra é fruto da dissertação da pesquisadora e se dedica à compreensão das políticas culturais no campo das culturas tradicionais e populares, percebendo como se estruturaram historicamente os programas, projetos e ações voltados para este segmento cultural. Além disso, analisa a relevância do emblemático Programa Cultura Viva, apresentando a experiência de três grupos de manifestações tradicionais e populares participantes da ação Ponto de Cultura, partindo da cidade de Fortaleza, Ceará.

A publicação é uma contribuição para a reflexão crítica e para a ampliação do entendimento acerca do campo da cultura popular e das políticas públicas de cultura. O livro se divide em 4 capítulos. O primeiro aborda as políticas públicas de cultura para as culturas populares; já o segundo aprofunda a categoria operacional do que se chama de cultura popular; logo no capítulo seguinte discute os pontos de cultura e traz alguns exemplos do Ceará. Para concluir a sua análise, traz os discursos dos sujeitos acerca da apropriação e das significações do que se define como cultura popular.

Créditos: Divulgação.

Sobre a autora:

Jocastra Holanda é Especialista em Gestão e Políticas Culturais, pela Universitat de Girona (UDG, Espanha) e Observatório Itaú Cultural (2018), Mestre em Políticas Públicas e Sociedade, pela Universidade Estadual do Ceará (UECE) e bacharel em Comunicação Social, pela Faculdade Evolutivo (FACE). É produtora cultural no Instituto de Cultura e Arte da Universidade Federal do Ceará (UFC) e pesquisadora integrante do Observatório da Diversidade Cultural (UEMG).

Interessados em adquirir exemplares do livro podem entrar em contato direto com a autora através no e-mail: jocastrahb@gmail.c

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui