ITAÚ CULTURAL: André Abujamra fala sobre a saudade dos pais na nova edição Um Certo Alguém

0
41
André Abujamra. Foto: Divulgação IC

Itaú Cultural

André Abujamra é o novo entrevistado da coluna Um Certo Alguém, que vai ao ar no site do Itaú Cultural (www.itaucultural.org.br) na quinta-feira, dia 25, a partir das 13h. “Uma história que me dá saudades é de quando minha mãe sempre me levava nas coxias dos teatros onde meu pai trabalhava. Aquilo era muito mágico e despertou um profundo amor pelo palco”, conta ele, durante a conversa com o Núcleo de Comunicação da organização, responsável por essa série semanal, que busca aproximar o público de personalidades do meio da arte e da cultura, abordando, em quatro perguntas.

Filho caçula do ator e diretor Antônio Abujamra (1932-2015), André diz sentir falta da presença da mãe e do pai no agora. “Minha maior saudade é ter meus pais por perto. Tenho tantas histórias com eles que foram muito importantes na minha formação”. No dia a dia, o músico diz seguir com o cuidado e o amor pela família, e diz se emociona quando está ao lado dos filhos e pensa na ancestralidade. “Descrevi isso na minha música Espelho do Tempo. O brilho do olhar do seu tataravô, é o brilho do olhar do seu filhote. Esse brilho é que me emociona muito”, conta.

O amanhã para Abujamra, no entanto, é uma incógnita: “Eu gosto de estar no momento presente. Pensando, compondo, trabalhando intensamente. Pretendo ser uma versão melhorada de hoje, mas ainda estou no processo”. Ao tentar se definir, ele conta que nunca soube explicar direito quem era, mas assim se resume: “Músico, cantor, ator, diretor, compositor, maestro, três bandas, seis discos solos, mais de 70 trilhas de cinema. Respiro música, durmo pouco e penso sempre três casas a frente”.

Antônio Abujamra – A Voz do Provocador

André Abujamra encerra, no dia 28 de fevereiro (domingo), às 20h, Antônio Abujamra – A Voz do Provocador, programação online iniciada pelo Itaú Cultural no dia 18, e que 25 a 28 (quinta-feira a domingo) realiza suas últimas atividades. Desenvolvida pelo Núcleo de Artes Cênicas do Itaú Cultural, ela é uma grande homenagem a Antônio Abujamra, ator e diretor paulista, que deixou grande um legado para as artes brasileiras.

Na quinta-feira, dia 25, às 20h, acontece a mesa Antônio Abujamra e o teatro épico no Brasil, conduzida pelo dramaturgo e encenador Sérgio de Carvalho. Fundador do grupo teatral Companhia do Latão, que também usa a estética brechtiana, o convidado trata do importante trabalho de encenação de Antônio Abujamra em diálogo com o movimento de renovação da cena brasileira. A apresentação aborda seu contato com os debates franceses e com a experiência alemã dos anos 1950 e 1960, em especial a partir da obra Bertold Brecht, o qual contribuiu para que criasse um caminho independente e pouco conhecido no que se refere à produção do teatro épico no Brasil.

Já na sexta-feira e no sábado, dias 26 e 27, às 20h, é a companhia Os Fodidos Privilegiados que faz uma estreia na programação: apresentam pela primeira vez a leitura de Um outro Hamlet, passo inicial em direção a uma nova montagem do espetáculo Hamleto, que o grupo prepara para 2021, para celebrar seus 30 anos de fundação. Com direção de João Fonseca e de Johayne Ildefonso, ele parte do texto escrito em 1972 pelo italiano Giovanni Testori (1923-1993), com adaptação de Antônio Abujamra, e que reescreve a história clássica do Hamlet, de Shakespeare, de maneira debochada, anárquica e política. Provocador e potente, coloca duas personagens vividas pela mesma atriz, propõe uma relação homossexual entre Hamlet e Horácio, e faz o personagem principal, no ato de sua morte, deixar todas as posses da coroa ao povo.

O encerramento, no domingo, 28, também às 20h, leva à cena outra herança artística de Abu. Trata-se de Abujamra Presente, nome do show que André Abujamra apresenta no Palco Virtual, em homenagem ao pai, de quem herdou a verve provocadora, além do talento. Com mais de 40 anos de carreira, André tem uma trajetória profissional que transita por diferentes áreas artísticas.

Para acessar as edições anteriores de Um Certo Alguém: https://www.itaucultural.org.br/secoes/entrevista/um-certo-alguem-leia-entrevistas-coluna

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui