CD – Mestre Benon, O TREME TERRA DAS ALAGOAS!

0
32

CD organizado por Benon Pinto da Silva, Mestre do Guerreiro Treme Terra das Alagoas e Patrimônio Vivo do Estado desde 2006. O compacto trás a apresentação das principais peças do Guerreiro alagoano com suas embaixadas, o Divino e a parte das figuras. Um raro registro deixado pelo inesquecível Benon, o CD também conta com músicas autorais do Mestre e o pagode do palhaço.

Sequência das músicas:

  1. Eu nasci pra canta guerreiro
  2. Marcha de entrada
  3. Chamada de divino
  4. Embaixada de divino
  5. A guerra
  6. A cultura do índio
  7. Marcha para trocar os cordão
  8. Embaixada do palhaço
  9. O pagode do palhaço
  10. Balançando o ganzar
  11. Maceió e beira-mar
  12. Marcha da meia lua
  13. A parte dos caboclinhos
  14. Ciência e coração abandonado
  15. A despedida
  16. Forró sulado
  17. Da pra tu zé
  18. A sanfona roubada
  19. O pagode e a despedida do palhaço

MESTRE BENON PINTO DA SILVA

Nasceu na cidade de Cabo/PE, filho de José Pinto da Silva e Maria Francisca da Conceição, no dia 13 de julho de 1936. Bem novo veio morar em Alagoas, terra que adotou como sua , de coração. Foi em Alagoas que conheceu o guerreiro no município de Cajueiro pois era o local onde aconteciam muitas festas.

Aos sete anos metia-se no meio das brincadeiras, mas só se interessava pelo guerreiro. Aos dez anos foi caboclinho no guerreiro da mestra Joana Gajuru, depois vassalo, índio Peri, embaixador. Antônio Henrique, João Inácio, Adelmo, Francisco do Jupi, entre outros, foram mestres que muito o ensinaram.

Na década de 80 criou o afamado guerreiro “Treme-Terra de Alagoas”, no bairro da Chã de Bebedouro, com ensaios aos sábados. Benon faleceu no dia 28 de Abril de 2016 em decorrência de uma hemorragia, porém, como sempre ouvimos, “um homem nunca morre quando sua obra permanece viva!”

VIVA BENON, O TREME TERRA DAS ALAGOAS!

(Com informações da SECULT e do livro, ASFOPAL – 25 ANOS brincando sério da folclorista Josefina Maria Medeiros Novaes).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui